Terça, 02 de Junho de 2020 23:22
(31) 9 9374-6019
Esportes DEBATE BOLA

O fenômeno Flamengo.

Confira a coluna Debate Bola com Mendel Silva.

27/10/2019 13h26 Atualizada há 7 meses
Por: Rafael Oliveira Fonte: TV Caeté
O fenômeno Flamengo.

O Flamengo não tem concorrentes no futebol brasileiro. Está um degrau acima, tanto que sobra no campeonato brasileiro e humilhou o Grêmio nas semifinais da Libertadores. E o Grêmio não é qualquer time. O imortal conquistou seis títulos nos últimos anos.

Não gosto dessas comparações de time A com time de anos atrás, afinal são épocas distintas. Mas sempre vem à tona uma suposta comparação do Flamengo by Jorge Jesus com esquadrão de 1981, que venceu o Carioca, a Libertadores e o Mundial num espaço de 21 dias.

E como explicar esse fenômeno que é o Flamengo de hoje? Primeiro ponto. O rubro negro se organizou financeiramente. Passou alguns anos sem ganhar nada para colher os frutos no futuro. Eduardo Bandeira de Mello foi nocauteado pelos torcedores, mas foi ele o grande responsável pelo equilíbrio financeiro do clube. Rodolfo Landim chegou, pegou a casa arrumada e deu sequência. 

Segundo ponto. Com dinheiro em caixa, o Flamengo pode ir ao mercado e contratar quem bem entender. E com um time forte para apoiar, a torcida abraçou a causa. Evidente que a primeira aposta (Abel Braga) não deu certo, mas a cartada Jorge Jesus foi certeira. Um tremendo gol de placa. O gajo tem dado um banho tático na concorrência.

Porém, o lado ruim da história (para os demais clubes, diga-se de passagem), é que vai acontecer exatamente o que Alexandre Kalil previu em 2014. Com o Flamengo arrumado, o futebol brasileiro terá um único vitorioso. Vamos aos números. Em 2019, o mengão deve faturar cerca de 330 milhões de reais em cotas de TV. Um aumento de 82% em relação a 2018. Atlético e Cruzeiro, que lutam para se manter na primeira divisão, devem faturar cerca de 200 milhões, somados. 7,5% a menos que no ano passado. 

A semifinal da Libertadores contra o Grêmio gerou uma renda de 8 milhões de reais, e o Flamengo abocanhou mais ou menos metade desse valor. Para efeito de comparação, na vitória de 2x0 do galo contra o Santos, a renda foi de 100 mil reais. Claro que quando a fase é boa, o torcedor apoia e paga caro, o que não é o caso do futebol mineiro atualmente.

Todavia é fato que o Flamengo tem tudo para se tornar imbatível no futebol brasileiro, pois tem grana, tem patrocínio forte, e onde vai arrasta uma legião de devotos. Se os demais clubes ficarem de braços cruzados e continuarem a negociar cotas de TV de maneira individual, correm um grande risco de se tornarem periféricos, disputando posições intermediárias, enquanto que o Flamengo vai se tornar uma Juventus, um Bayern de Munique, um PSG. Times que são soberanos em seus países. 

Dica de rock

Hoje a minha dica remete aos anos 80. Quem viveu essa época lembra-se com muita saudade da banda Survivor, com o sucesso Burning Heart.

Oferecimento:

NUCEC-970-X250

OGRO-970

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Debate Bola
Sobre o Debate Bola
Por Mendel Silva..
Caeté - MG
Atualizado às 23h15 - Fonte: Climatempo
14°
Poucas nuvens

Mín. 10° Máx. 25°

14° Sensação
9.7 km/h Vento
74.7% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (03/06)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 12° Máx. 27°

Sol com algumas nuvens
Quinta (04/06)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 13° Máx. 24°

Sol com algumas nuvens