Segunda, 10 de Maio de 2021 02:18
(31) 9 83067598
Entretenimento FILMES

Crítica do filme: 'O Céu de Suely'

Confira na Coluna ''Guia do Cinéfilo'' com Raphael Camacho

06/04/2021 15h19
Por: Raphael Camacho Fonte: Guia do Cinéfilo
Divulgação
Divulgação

 

Que bom seria ter seu amor mais uma vez. Um dos filmes mais aclamados da última década quando pensamos em cinema brasileiro, O Céu de Suely, segundo longa-metragem da carreira do cineasta cearense Karim Ainouz, é um projeto que nos diz muito sobre desilusões e as escolhas que precisamos tomar, mesmo dentro da inconsequência, quando nada mais faz sentido em nossas vidas. Dentro de um contexto melancólico, desesperada, aflita, sem rumo, a protagonista toma uma decisão no mínimo polêmica, sofrendo o preconceito e travando uma batalha interna, gerando conflitos inclusive na casa onde está hospedada. Um filme que gera muitas reflexões. Uma atuação impactante da atriz Hermila Guedes. Tem no catálogo da Globoplay.

 

 

 

Na trama, conhecemos Hermila (Hermila Guedes), uma jovem que chega de São Paulo com seu filho pequeno de volta para o interior do Ceará, mais precisamente a cidade de Iguatu, para morar um tempo na casa da avó e da tia mototáxi, na espera da chegada de seu marido. Vive de bicos para conseguir sobreviver até o seu marido chegar de São Paulo. Mas será que ele vem? Rodeada de incertezas e com uma certa desconfiança nesse relacionamento aos olhos de sua família, ela reencontra João (João Miguel), um antigo amor. Mas conforme os dias passam, ela começa a ter mais certeza que está sozinha nesse mundo, e assim, resolve tomar uma atitude desesperada e rifa a si mesmo gerando um grande bafafá na cidade.

 

Desilusões. Solidão. Incertezas. Entre um cigarro e outro, a protagonista vive conflitos internos bastante profundos, não se encaixando em praticamente nenhum lugar. No lado do amor, vive a desilusão com a falsa promessa do marido. Nas noites mal dormidas, reflete sobre sua solidão e o que vai fazer da sua vida sozinha. A chegada (ou retorno, como preferir) de João em sua vida, um trabalhador honesto que gosta muito dela faz muito tempo, gera a incerteza pois dentro dela a certeza é de que ela não pertence aquele lugar.

 

Nos arcos conclusivos, refletimos sobre as questões das promessas e nessa parte onde Hermila encarará a porta que deseja abrir. Se vai deixar seu filho com a avó e a tia e partir para uma nova cidade para ganhar a vida, se vai se deixar envolver por um novo antigo amor, se ainda dentro do seu coração cabe a esperança de um dia seu marido ainda a encontrar. O Céu de Suely mostra através dos olhos de uma forte protagonista feminina as dores de um mundo que muitas vezes não lhe foi leal.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Guia do Cinéfilo
Sobre Guia do Cinéfilo
Raphael Camacho - Cinéfilo. Analista de Programação Audiovisual, Crítico de cinema, matemático nas horas vagas. Extremamente viciado em cinema, autor do livro: "Guia do Cinéfilo - Volume 1".
Rio de Janeiro - RJ

Rio de Janeiro - Rio de Janeiro

Sobre o município
Caeté - MG
Atualizado às 02h12 - Fonte: Climatempo
13°
Poucas nuvens

Mín. 12° Máx. 25°

13° Sensação
12.5 km/h Vento
97.8% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (11/05)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 12° Máx. 25°

Sol com algumas nuvens
Quarta (12/05)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 14° Máx. 26°

Sol com algumas nuvens