Quinta, 23 de Setembro de 2021
17°

Poucas nuvens

Caeté - MG

Entretenimento SÉRIES

Pausa para uma série #19 - Quem Matou Sara? (1ª Temporada)

Confira na Coluna ''Guia do Cinéfilo'' com Raphael Camacho

05/04/2021 às 14h18 Atualizada em 20/05/2021 às 09h43
Por: Redação Fonte: Guia do Cinéfilo
Compartilhe:
Divulgação
Divulgação

 

A resposta não está no hoje e sim no ontem. Diretamente do México para diversos países via Netflix, o seriado Quem Matou Sara? Tem sua primeira temporada repleta de altos e baixos, deixando a certeza de que a tentativa de originalidade de sua trama principal vai ficar dando voltas nas próximas temporadas, assim como foi nessa. Um curioso acidente vira assassinato levando à desgraça a vida de um homem que após 18 anos volta para sua vingança. Tudo caminha para uma decisão final mas as cartas mudam de repente, uma fórmula já vista e revista diversas vezes por aí, é o famoso feijão com arroz de roteiros de séries de suspense: prende por um tempo e depois se enrola mais que linha de pia quando ela volta do céu. Criado pelo chileno José Ignacio Valenzuela e estrelado pelo ator colombiano Manolo Cardona.

 

 

 

Na trama, conhecemos Alex (Manolo Cardona) um homem que passou quase duas décadas preso pelo assassinato de sua irmã Sara (Ximena Lamadrid), um crime que não cometeu. Jurando vingança pela desgraça de toda sua vida, ele tem um alvo: a família Lazcano. Assim, conhecemos as peças desse complicado quebra-cabeça, Cesar (Ginés García Millán) o chefão da família, Rodolfo (Alejandro Nones) o filho medroso que é o sucessor do pai e ex-melhor amigo de Alex, Jose Maria (Eugenio Siller) o filho que o pai não gosta porque ele é gay, Mariana (Claudia Ramírez) a matriarca da família. Ainda tem Elisa (Carolina Miranda), que era criança na época do assassinato e que agora mais velha acaba possuindo forte conexão com Alex. Assim, entre idas e vindas na linha temporal vamos tentando entender o que aconteceu.

 

Podemos dizer que as subtramas acabam sendo mais interessantes que a trama principal. Desde o amor proibido que nasce entre dois personagens, quase um romeu e julieta dos tempos modernos, até os conflitos internos da família Lazcano são inúmeros e bastante explosivos, desde a não aceitação do casamento de Jose Maria com outro homem, até as investigações detalhistas de Elisa, os segredos de um introspectivo Rodolfo e as manipulações de Mariana. Em cada um dos episódios dessa primeira parte vemos conflitos que acabam girando em torno do assassinato, mais especificamente do dia chave onde Alex recorre a alguns recursos que ganha para achar as soluções que tanto o atormentaram durante anos. Mas o roteiro tem graves problemas para uma primeira temporada, uma reviravolta tardia acaba inserindo na trama elementos complicados de entender deixando um ponto de frustração em cada um dos dez episódios.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Rio de Janeiro - RJ
Rio de Janeiro - RJ
Sobre o município
Guia do Cinéfilo
Guia do Cinéfilo
Sobre Raphael Camacho - Cinéfilo. Analista de Programação Audiovisual, Crítico de cinema, matemático nas horas vagas. Extremamente viciado em cinema, autor do livro: "Guia do Cinéfilo - Volume 1".
Caeté - MG Atualizado às 18h31 - Fonte: ClimaTempo
17°
Poucas nuvens

Mín. 11° Máx. 28°

Sex 31°C 13°C
Sáb 31°C 14°C
Dom 30°C 16°C
Seg 30°C 17°C
Ter 29°C 17°C
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes