BAMBOLE POPUP
OGRO 970
MAGIA 970
BIOLIFE 970
MD 970 2
RC OFICINA 970 NOVO
LÁPIS DE COR TOPO
RC OFICINA TOPO 2
RC TOPO
GALO 13
CHUCHU TOPO
TUR 970
TOPOGRAFIA TOPO
NUCEC 970
CCAA TOPO
IEPS M 01
MD 970
VELAS 970
MARISTELA 970
FARMA 970
BAMBOLÊ 970
KELLY 970
CAMINHO 970
LC MATRÍCULAS
ORAL TOPO
OBJETIVA TOPO
EU MEREÇO TOPO
SAÚDE

Mentiras e verdades sobre a cirurgia bariátrica

Vamos esclarecer alguns pontos importantes e te mostrar os dois lados dessa história

18/01/2020 09h15Atualizado há 3 semanas
Por: Rafael Oliveira
Fonte: Saúde Brasil

A cirurgia bariátrica é reconhecida como um dos tratamentos do nível mais grave de obesidade, a de grau 3. Nesse estágio, ela já é classificada como mórbida, ou seja, representa uma enfermidade. Muitas pessoas recorrem ao procedimento quando não conseguem alcançar um peso saudável por outros meios, como a reeducação alimentar e a prática de atividade física.

Os índices de obesidade tiveram um crescimento no último ano, principalmente entre adultos de 25 a 44 anos. O aumento foi de 67,8%, saindo de 11,8% em 2006 para 19,8% em 2018, segundo a pesquisa de Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel), de 2018, do Ministério da Saúde.

Com os números em alta e todos os perigos à saúde que envolvem a obesidade, é possível perceber uma movimentação das pessoas contra o excesso de peso. O Vigitel de 2017, por exemplo, também demonstrou uma melhora nos hábitos dos brasileiros. Mas apesar disso, a cirurgia bariátrica surge no imaginário das pessoas como uma saída aparentemente definitiva.

Bariátrica pelo SUS

A Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica (SBCBM) orienta que os pacientes interessados podem recorrer ao Sistema Único de Saúde (SUS), desde que tenham esgotado todas as possibilidades de tratamento clínico para a doença. Até maio de 2019, foram realizadas pelo SUS 5.073 cirurgias bariátricas no Brasil. É sempre bom lembrar também que, como em qualquer outro, esse procedimento apresenta riscos.

Além disso, é preciso cumprir os requisitos impostos pelo Ministério da Saúde, que incluem: idade mínima de 16 anos; IMC maior ou igual a 40; ou IMC maior que 35 associado a comorbidades, que são doenças diretamente ligadas a obesidade, como diabetes e hipertensão. Os pacientes também precisam passar pela avaliação de uma equipe multidisciplinar, que inclui acompanhamento médico, nutricional e psicológico.

O cirurgião especialista em bariátrica do Hospital Santa Marcelina, de São Paulo, Dr. Gustavo Fernandes, lembra ainda que o procedimento tem como contraindicações a falta de condições clínicas por parte do paciente e o uso abusivo de álcool ou drogas ilícitas nos seis meses antecedentes, além de doenças psiquiátricas não controladas.

Cirurgia Bariátrica x Balão Intragástrico

Quando se fala em tratamentos para a obesidade, dois procedimentos são levados em consideração: a cirurgia bariátrica e o balão intragástrico. Esse último funciona como um “peso” no estômago, que faz o paciente emagrecer por obstruir o espaço que até então recebia um maior volume de comida, provocando a diminuição do apetite e o aumento da sensação de saciedade após as refeições.

Segundo Dr. Gustavo, o balão tende a emagrecer menos que a cirurgia bariátrica e é indicado para os pacientes com obesidade moderada, IMC abaixo de 35, ou para o emagrecimento pré-operatório de pacientes com obesidade extrema.

Em relação à bariátrica, o cirurgião lembra que existem basicamente dois tipos: as técnicas restritivas e as disabortivas. A primeira causa a diminuição do volume do estômago e a segunda provoca a diminuição da absorção dos nutrientes.

“As técnicas são definidas conforme as comorbidades e exames pré-operatórios, mas também são levadas em consideração as escolhas individuais de cada paciente. As técnicas irreversíveis são aquelas em que ocorre a ressecção gástrica, como a Gastrectomia Vertical e Duodenal Switch”, complementa o especialista, referindo-se a procedimentos que envolvem cortes no tecido gástrico.

 Oferecimento:

 CHUCHU-GAS-SUPER

PUBLICIDADE-MAT-RIAS

Caeté - MG
Atualizado às 18h39
24°
Pancada de chuva Máxima: 28° - Mínima: 19°
24°

Sensação

7.5 km/h

Vento

83.4%

Umidade

Fonte: Climatempo
MD 600 02
IEPS M 02
VELAS 600
BAMBOLÊ 600
FARMA 600
ORAL BAIXO
MAGIA 600
RC GRANDE 2
ORAL 300X600 NOVO
CHUCHU - ÁGUA
OASIS 600
RC GRANDE
LC MATRÍCULAS 600
CHUCHU - GÁS
MARISTELA 600
ANUNCIE AQUI
CAMINHO 600
INET 300
NUCEC 600
OGRO 01
OBJETIVA LATERAL
AUTO 2000 01
VELAS 300 01
RC 01
ORAL LATERAL 01
LC 250 01
MD 300 001
SUPREMA 01
MAGIA 300 03
FARMA 250
NUCEC 300 5
CHUCHU 01
BIOLIFE LATERAL
NUCEC 300 1
IEPS 01
ARAÚJO 01
EU MEREÇO LATERAL
MARISTELA 01
CCAA LATERAL
BAMBOLE 300 01
KELLY 01
CAMINHO 01
THALES 01
INETSAFE 01
MAIS EMPRÉSTIMOS
MD 300
GELO CHUCHU
MAGIA 300 01
OASIS 300 01
TOPO 250 01
MARCENARIA 300
Municípios
BAMBOLE 300 02
ARAÚJO 02
SUPREMA 02
GELO CHUCHU 2
EU MEREÇO LATERAL 2
IEPS 02
VELAS 300 02
MD 300 02
LC 250 02
MAGIA 300 02
KELLY 02
MD 300 002
FARMA 250 2
OBJETIVA LATERAL 2
BIOLIFE LATERAL 2
ORAL PLUS LATERAL 02
INETSAFE 02
OASIS 300 02
CCAA LATERAL 2
NUCEC 300 6
RC 02
CAMINHO 02
THALES 02
OGRO 02
MARISTELA 02
CHUCHU 02
TOPO 250 02
AUTO 2000 02
MAIS EMPRÉSTIMOS 02
MARCENARIA 300 2
NUCEC 300 2
Últimas notícias
VELAS 300 03
GELO CHUCHU 3
NUCEC 300 7
FARMA 250 3
NUCEC 300 3
INETSAFE 03
ARAÚJO 03
BAMBOLE 300 03
OGRO 03
IEPS 03
THALES 03
OBJETIVA LATERAL 3
ORAL PLUS LATERAL 03
RC 03
SUPREMA 03
CCAA LATERAL 3
CAMINHO 03
MD 300 003
TOPO 250 03
MAIS EMPRÉSTIMOS 03
MARISTELA 03
CHUCHU 03
KELLY 03
MAGOA 300 03
MARCENARIA 300 3
AUTO 2000 03
EU MEREÇO LATERAL 3
BIOLIFE LATERAL 3
OASIS 300 03
MD 300 03
LC 250 03
Mais lidas
NUCEC 300 8
MAIS EMPRÉSTIMOS 04
IEPS 04
OGRO 04
LC 250 04
OASIS 300 04
ARAÚJO 04
GELO CHUCHU 4
FARMA 250 4
CAMINHO 04
OBJETIVA LATERAL 4
MD 300 04
MARCENARIA 300 4
EU MEREÇO LATERAL 4
THALES 04
ORAL PLUS 04
MARISTELA 04
CCAA LATERAL 4
RC 04
KELLY 04
SUPREMA 04
MAGIA 300 04
TOPO 250 04
MD 300 004
CHUCHU 04
INETSAFE 04
NUCEC 300 4
AUTO 2000 04
BIOLIFE LATERAL 4
BAMBOLE 300 04
VELAS 300 04
MD 300 05
LC 250 05